Páginas

domingo, 2 de maio de 2010


"Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde." (Provérbios 12:18)
Depois de tanto pensar, pensei mais um pouco, pensei no sofrimento que as palavras podem causar no próximo, na fúria na dor, na tristeza, e até nas gargalhadas e alegrias. Conversando com uma amiga, começamos a colocar nossas personalidades na mesa, nossa transparência tão questionada, nossa vida tão em foco, e procuramos uma resposta para encontrar a solução, até que encontramos o SILENCIAR. Mas será que isto é o que verdadeiramente precisamos? Parar de jogar pérolas ao porcos? A partir disso, comecei a lembrar de tantas palavras que me faltaram, de tantas respostas que não me deram, de tantas verdades que me esconderam, e das conversas intermináveis onde falávamos tudo, e não dizíamos nada! Será que esta é a realidade que eu tanto almejo? Será que silenciar é a melhor resposta?
E entre tantas incertezas, eu fico com a certeza de Deus. Palavras machucam, mas se elas são verdadeiras, não é melhor sofrer com a verdade do que viver de mentiras?

Um lindo final de domingo a todos! ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta aê?